Gurus Da Dança Musica Dj Magazine

Desde a suite de 22 º andar do hotel W Barcelona se divisa da cidade com percepção. Lá permanecer o dj Wally Lopez, que tem uma sessão agendada no terraço do estabelecimento de um par de horas depois desta entrevista.

Reconhecido internacionalmente como o mais recomendado disc jockey (dj) português, o de San Blas (Madrid) está prestes a lançar seu debut álbum, que inclui o single ” Keep Running The Melody . Amante da música irremediável, reconhece-se que foram as mulheres, que tinham discos de Depeche Mode e The Cure, que despertaram nele o desejo de encaminhar-se.

contudo, a sua paixão pelas ondas não era flor de um dia, por causa de, desde por isso e até hoje, com 36 molas, “não parei nunca de fazer um programa de rádio”. O mesmo ocorre no caso do holandês Armin van Buuren, cujo programa A State Of Trance (ASOT) tem uma audiência de 15 milhões de ouvintes em em torno de trinta países. “O rádio é o centro de tudo o que faço nos dias de hoje”, reitera Van Buuren, considerado o mais recomendado dj do mundo desde 2007 até 2010 na prestigiada revista DJmag. “Quando, em 2001, comecei com ASOT, o mundo todo me dizia que eu estava desequilibrado por ter um programa semanal de duas horas.

Mas a mesma gente que me falou isto e neste instante têm seus próprios espaços de rádio. Isso serve para exemplificar o que é importante, não apenas para promover a minha música, entretanto para o gênero (o transe) em si”, sinaliza desde o camarim da boate de barcelona Opium Mar, poucos minutos antes de uma sessão. E é que a figura do dj, como lembra Enric Palau, co-diretor do festival Sónar, nasceu no rádio e com o vinil. Mas, hoje em dia, a rádio continua a ser essencial para diversos djs, a evolução tecnológica tem contribuído pra prática de extinção do vinil. Após alguns anos com o CD como modelo dominante, a grande maioria dos djs contemporâneos opta por trabalhar com o computador.

“Eu tenho a música em pendrives”, confessa Wally Lopez, que não sente saudade alguma por dispensar os vinis. “Sim, sinto inexistência de calotear as companhias aéreas com o peso da minha mala, visto que me faziam despachar os vinis.

  • ouve-Se somente o aparelho que está tocando
  • Métodos baseados em uma única imagem, onde não há treinamento. Não é popular
  • A habitual Caravana do Orgulho LGBT
  • Uma tampa pro corpo da lente para protegê-la da areia
  • 13 Legal esta pressão do Celta que faz falhar o real Madrid na saída de bola
  • HKG Hong Kong (156)

Antes de pesarla tirava sem que o vissem, e depois entrou mais uma vez. Nunca facturé uma mala com discos por temor de que se perdesse”, confessa. Hoje em dia, um pc portátil poderá condensar-se quase tudo o que é preciso pra fazer o login ou mesmo para elaborar um sucesso.

por este sentido, Wally Lopez, relembra, com orgulho, a constituição da música ” Just A Little More Love, do onipresente David Guetta, “o vasto”, segundo ele. “Fiz o portátil -diz ele – após uma apresentação em Castellón, o que não me veio a recolher ninguém.

Eu subi a um comboio em direcção a Valência que parava em todos os povos, e com o portátil e os capacetes fiz o primeiro número um mundial de Guetta”. Isso foi em 2003 e tem chovido muito desde desta forma. A ferrovia agora não é uma indispensabilidade pra Wally, e Guetta se tornou o dj mais popular do instante. Para trás ficam aqueles dias em que o francês, de 44 anos, e seu inseparável mulher e empresário, Cathy, percorriam os passeios pelas praias de Ibiza pendurado folhetos que anunciam suas sessões.