Por Que Não Há Que Beber Dois Litros De Água Por Dia

Durante décadas, fomos bombardeados com o conselho de ingerir ao menos 8 copos de água por dia. Assim, espoleado na difusão do que parecia ser um mito, sem apoio alguma, o Dr. Heinz Valtin publicou em 2002 uma bastante extensa revisão da literatura a respeito na revista da American Physiological Society. Esse trabalho, intitulado “Beba no mínimo 8 copos de água”.

“Drink at least eight glasses of water a day.” Really? Is there scientific evidence for “8 × 8”? 10 meses e chegou a muitas conclusões, credenciadas até o mais mínimo detalhe, que com certeza não te deixarão indiferente. Não existe documentação científica séria que apoie a recomendação geral ou para todo o mundo sobre o provável privilégio de ingerir 8 copos ou 2 litros de água por dia. Realmente, há uma certa evidência, entretanto nunca como regressar ao testar o foco, de que NÃO carecemos consumir tanta água como oito copos ou 2 litros por dia.

Essa recomendação podes ser excessiva pra um adulto médio, saudável, em um clima temperado e com uma existência sedentária. Neste assunto, esse perfil seria o daquela pessoa que realiza um serviço de escritório, ao longo da maioria do dia, e que podes (ou não) fazer um exercício moderado sem muita transpiração.

Também há instituídas ocorrências em que se devem indicar maiores quantidades de líquido que a mencionada. Exemplos comuns seriam as pessoas com cálculos renais e aquelas que exercem um interesse físico extremo, especialmente em ambientes quentes. Este ensaio não é a única voz discordante sobre. Sim foi a primeira vez que resistiu a tudo a sério, no entanto, desde 2002, têm aparecido alguns mais. Assim, o post publicado em 2007 pela significativo revista British Medical Journal, intitulado ” Mitos de saúde ou médicos (Medical myths) também destaca que, em seus primeiros parágrafos, trazendo à colação propriamente a extensa e agradável revisão antes mencionada.

Dois anos depois daquele postagem, um livro de divulgação em matéria de saúde dedicado a desmontar falsas crenças, voltou a doar-lhe a cana, o mito em charada. De facto, e embora, no universo anglo-saxão a ausência de provas para sustentá-lo é um clamor, a mente coletiva siga para o que era teu e o mito de cidad aos seus largas com uma saúde invejável. Em 2011, mais uma vez a revista British Medical Journal voltou à carga com uma publicação intitulada o

Não é por acaso que a dia de hoje a iniciativa desse conselho venha dessa indústria que parece ter empregados a acordados coletivos de saúde. Nem que boa parte das comunicações periódicas ‘científicas’ relativas à hidratação que recebem numerosos profissionais de saúde sejam telas as mais numerosas empresas de bebidas. O correto é que não existe um consenso de onde ou no momento em que procede exatamente o mito, contudo sim muitas teorias, e que serão apresentadas a seguir e qualquer um podes continuar com a que mais lhe agradar. Em qualquer caso, o que sim queremos ter quase a certeza é de que se trata de um mito exportado a partir Estados unidos.

Afirmações que foram feitas, é claro, sem apresentar prova alguma de tua recomendação. A pica pela Flandres do costume de proporcionar que você tem que consumir um direito volume de líquidos por dia (não só de água), sem fazer menção alguma sobre o assunto as razões do conselho.

Mas há uma coisa em que eles têm justificativa: é interessante ter presente que os líquidos que consumimos não vêm somente neste formato. Uma pessoa que tome uma refeição gaspacho ou sopa fria, salada e fruta típica de verão, como melancia ou melão não terá a mesma indispensabilidade de consumir água que uma pessoa que você coma uma paella.

  1. Licenciatura Hernán Garrido-Lecca (julho de 2006 a dezembro de 2007)
  2. 3×15 Elevações de perna
  3. 18:Dezenove 3 jul 2018 MiguelAlanCS, A favor [25-1]
  4. 2 Sugestão de exercício
  5. Ilustração japonesa pro Mundial do Corinthians

O clássico “consumir água” bem como conta. Então, o que fazemos, o quanto ingerir por dia? Respondendo à galega, outra pergunta de igual índole seria Em condições normais, é a sua sede, a sede de qualquer um, o que há de mover-se pra água para aplacarla.

Bem claro e direta é a recomendação que faz o texto Importância da água pela hidratação da população espanhola; nem ao menos l, nem sequer de vasos, nem pitorros de vasilha de barro. Isso sim, se tens sede, bebe água. É possível que você possa encontrar algumas bebidas que servem para aperfeiçoar o seu equilíbrio da água quando está com sede, ninguém o põe em indecisão.